« Home | Matéria de biologia » | De volta de férias » | Attention Whores » | Fim de Semana em Sesimbra » | » | Update » | Notícia inesperada » | SITES FIXES 1 » | Mega post de wierdos no chupa-mos » | Exame BG/Colete Encarnado!!! »

Post da Liliana no flog dela


Achei bonito apesar de tudo o que ela disse e fez. Agora ela namora um rapaz que conheceu nas férias, na colónia. Dias depois de ter escrito isto:

Senti-me fraca, achei-me fraca, achei também que tudo o que eu pensava, tudo o que eu dizia estava errado. E, sim, tenho defeitos. Tu mesmo o dizes, sou mimada, as vezes faço coisas por caprixo, mas tenho bom coração, jamais faria algo para prejudicar alguém. Tu sabes bem disso... não sabes? Sabes sim, é por isso que não dizes mal de mim, e eu confio em ti. Já me disseste tantas vezes coisas que não gostei de ouvir, e é engraçado porque todo aquele movimento do "vamos dizer o que é que pensamos dela" começou contigo, mas não porque me quizesses enchovalhar ou magoar, não, tu tinhas os olhinhos bem abertos, como sempre, e disseste apenas aquilo que era importante eu saber, talvez a única coisa que fosse mesmo preciso mudar. Não digo que não hajam mais coisas a mudar, e aposto que também não o dizes, há sempre coisas a mudar, eu sei, mas são coisas que nãos são assim tão relevantes, é por isso que o que dizes é muito importante para mim, porque não passas a vida a querer mudar-me, não, dizes apenas aquilo que achas que é mesmo mau em mim, esta tua maneira de ser faz-me confiar em ti, acreditar no que dizes. Não te envolves em intigras, apenas divertes-te, és brincalhão por natureza. Tens os teus defeitos, sim, claro que tens, mas eu admiro-te! Admiro-te porque tens uma maneira de viver muito singular, superior à da maioria das pessoas, superior à minha. Vives como um Deus a observar do seu monte Olimpo a realidade terrena, não criticas, não julgas, apenas observas, porque és suficientemente tu e sabes o que vales, não necessitando, assim, de te juntares a essa massa humana que critica tudo e todos. Tu não precisas disso. És o rapaz que mais admiro neste mundo, talvez também por teres sido o que mais me respeitou, porque és tu próprio mesmo quando te criticam, não mudas só porque dizem que deves mudar. Procurei-te sem te encontrar, e estavas ali ao meu lado, e diziam-mo tantas vezes, e eu no fundo sabia... Mas era futil, fria e fraca, os três f's que tantas vezes me perseguem. Mas com o teu carinho, com a tua maneira de ser tudo isso foi sendo vencido, e acredita, esta forma de gostar é o melhor que te posso dar, porque foi crescendo em cima de alicerces fortes, baseados em sentimentos, na tua personalidade, e não em coisas vazias, superficiais, És único! *Liliana Cardoso